SINDAFA-MG


  1. Início
  2. /
  3. ALMG
  4. /
  5. Deputado Lucas Lasmar propõe reajuste remuneratório estendido a todas as categorias de servidores na ALMG
quarta-feira, 28/06/23 11:00

Deputado Lucas Lasmar propõe reajuste remuneratório estendido a todas as categorias de servidores na ALMG

Deputado Lucas Lasmar propõe reajuste remuneratório estendido a todas as categorias de servidores
Foto: Sarah Torres/ALMG


De autoria do governador Romeu Zema, reajuste remuneratório de 12,84% foi inicialmente proposto apenas aos profissionais da educação básica

O deputado estadual Lucas Lasmar (Rede), membro efetivo da Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa (ALMG), protocolou na Assessoria Legislativa, no dia 14/06, Proposta de Emenda ao Projeto de Lei n.º 822/2023, de autoria do governador de Minas Gerais, Romeu Zema.

O projeto, que está pronto para ser apreciado em 1º turno no Plenário, dispõe sobre o reajuste dos valores de vencimento das carreiras, dos cargos de provimento em comissão e das gratificações de função do grupo de atividades de educação básica do Poder Executivo, como trata a Lei n.º 15.293/2004.

Contudo, a Proposta de Emenda visa estender o índice de reajuste de 12,84% (concedido apenas aos profissionais da educação básica pelo governo), a todas as categorias de servidores públicos estaduais de Minas Gerais, abrangendo a Administração Pública Direta, Indireta, Autárquica e Fundacional, a partir de 1º de janeiro de 2023.

Segundo o deputado, a Constituição da República (CR) de 1988 não faz distinção entre categorias de servidores públicos, razão pela qual a priorização dada somente à Educação, no PL encaminhado pelo Chefe do Executivo Estadual, afronta a constituição federal.

“A ampliação do reajuste salarial para todas as classes de servidores estaduais vem para sanear possível inconstitucionalidade do presente Projeto de Lei. Neste sentido, também solicito apoio dos demais colegas a esta emenda, por significar cumprimento de mandamento constitucional”, justifica a iniciativa.

O parlamentar embasa o seu argumento na revisão geral de vencimentos, prevista na CR/88, a qual estabelece a correção anual como direito dos servidores públicos e agentes políticos. O intuito do recurso é proteger a remuneração da corrosão inflacionária do dinheiro, mantendo o poder de compra de todos esses trabalhadores.

Para mais informações sobre o Projeto de Lei 822 é só acessar a página https://www.almg.gov.br/projetos-de-lei/PL/822/2023.

Saiba mais em sindafamg.com.br e nas mídias sociais no perfil @sindafamg!

Sindafa-MG: Valorizando e defendendo os Fiscais Agropecuários e os Fiscais Assistentes Agropecuários de Minas Gerais

Voltar

Últimas notícias

ver mais
Artigo desenvolvido por fiscais do IMA destaca importância do controle permanente de zoonoses em frigoríficos sexta-feira, 01/03/24 Artigo desenvolvido por fiscais do IMA destaca importância do controle permanente de zoonoses em frigoríficos A inspeção sanitária realizada pelos fiscais, filiados ao Sindafa-MG, objetiva assegurar a saúde pública ...
Sindafa-MG firma convênio com novo escritório para assessoria parlamentar e jurídica quinta-feira, 29/02/24 Sindafa-MG firma convênio com novo escritório para assessoria parlamentar e jurídica À nova assessoria caberá orientar e assistir o sindicato nos assuntos políticos e governamentais ...
Assembleia Ordinária aprova contas e planejamento estratégico do Sindafa-MG sexta-feira, 23/02/24 Assembleia Ordinária aprova contas e planejamento estratégico do Sindafa-MG Cerca de 70 filiados participaram do encontro e contribuíram com sugestões para melhoria das ...
Sindafa-MG cobra resposta do IMA sobre ofício que trata a precariedade no trabalho terça-feira, 20/02/24 Sindafa-MG cobra resposta do IMA sobre ofício que trata a precariedade no trabalho Más condições da infraestrutura de trabalho foram relatadas e denunciadas pelos servidores do Instituto ...
Converse com o Sindafa
Skip to content