SINDAFA-MG


  1. Início
  2. /
  3. IMA
  4. /
  5. Inscrição para o evento “Dia de Campo: uma tarde com o QMA” é até dia 21 de janeiro
quarta-feira, 19/01/22

Inscrição para o evento “Dia de Campo: uma tarde com o QMA” é até dia 21 de janeiro

Inscrição para o evento “Dia de Campo: uma tarde com o QMA" é até dia 21 de janeiro

O “Dia de Campo: uma tarde com o QMA” tem a finalidade de discutir a prática sobre higiene, protocolos de ordenha e qualidade de produção de Queijos Minas Artesanais. O evento acontecerá no dia 11 de fevereiro, das 13h30 às 17h30, à rua Imigrante Lucindo Taroco, s/n, Colônia do Felizardo, em São João del Rei/MG.

A inscrição vai até a próxima sexta-feira, 21 de janeiro, e poderá ser realizada por meio da página mla.bs/27426334. É permitido incluir no cadastro até três participantes por propriedade rural.

A atividade faz parte do projeto “Caracterização microbiológica e físico-química do Queijo Minas Artesanal, da região do Campo das Vertentes, durante a maturação”. Para quem se interessar, ela poderá ser filmada.

A fiscal agropecuária Liliane Denize Menezes representará o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) na ação. A médica-veterinária, que é supervisora do Laboratório de Segurança Microbiológica de Alimentos (LSMA), irá proferir a palestra “Qualidade de Queijo Minas Artesanal”

O encontro é uma promoção da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa-MG), por meio das instituições vinculadas Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-MG), Empresa de Pesquisa Agropecuária (Epamig-MG) e o IMA, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapemig), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).

A programação do evento pode ser encontrada na segunda imagem que ilustra a publicação em instagram.com/p/CY6mVsZMKB-.

Queijos artesanais de Minas

Segundo o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), para ser considerado artesanal, o produto alimentício deve ser elaborado com a predominância de:

  • matérias-primas de origem animal beneficiadas na propriedade onde se localiza a unidade de processamento;
  • técnicas e utensílios manuais em qualquer fase do processo produtivo;
  • boas práticas de fabricação, com o propósito de garantir a produção de alimento seguro ao consumidor;
  • boas práticas agropecuárias na unidade de produção de matéria-prima, que contemplem sistemas de produção sustentáveis.

O produto final é de fabrico individualizado, genuíno e singular, o que mantém as características tradicionais, culturais e regionais do queijo. Também deve ser submetido ao serviço de inspeção sanitária estadual, o qual é realizado pelo IMA, ocasião que será concedido o Selo Arte.

Para os produtores da iguaria interessados em receber o Selo Arte, bem como ter a comercialização permitida em nível interestadual, as informações específicas encontram-se na página ima.mg.gov.br/agroindustria/queijos-artesanais.

Leia mais em sindafamg.com.br e nas mídias sociais @sindafamg!

SINDAFA-MG: Valorizando e defendendo os Fiscais Agropecuários e os Fiscais Assistentes Agropecuários de Minas Gerais.

Voltar

Últimas notícias

ver mais
Sindafa-MG reage às declarações do deputado Cleitinho Azevedo quarta-feira, 18/05/22 Sindafa-MG reage às declarações do deputado Cleitinho Azevedo Desde setembro do ano passado, o Deputado Estadual Cleitinho Azevedo tem feito seguidas declarações ...
Sindafa-MG vai à Justiça para recebimento integral da Gedima terça-feira, 17/05/22 Sindafa-MG vai à Justiça para recebimento integral da Gedima Servidores do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) aguardam, desde 2015, o reconhecimento do benefício ...
Sindafa-MG ressalta importância do Dia dos Queijos Artesanais de MG segunda-feira, 16/05/22 Sindafa-MG ressalta importância do Dia dos Queijos Artesanais de MG O Queijo Minas Artesanal (QMA), primeiro queijo a ser caracterizado no estado, é reconhecido ...
NOTA DE CONDOLÊNCIAS sábado, 14/05/22 NOTA DE CONDOLÊNCIAS É com profundo pesar que recebemos neste sábado, 14 de maio, a notícia do ...
Converse com o Sindafa
Skip to content