SINDAFA-MG


  1. Início
  2. /
  3. IMA
  4. /
  5. Minas Gerais: 16 anos sem registro de peste suína clássica no seu rebanho
sexta-feira, 27/01/17 07:51

Minas Gerais: 16 anos sem registro de peste suína clássica no seu rebanho



Neste mês, Minas Gerais completa 16 anos sem registrar nenhum caso de peste suína clássica (PSC) no seu rebanho. Desde 16 de janeiro de 2001 o estado é reconhecido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) como área livre de PSC.

Essa marca só foi possível ser alcançada graças ao trabalho desenvolvido, principalmente, pelos fiscais agropecuários do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) e as diversas ações de defesa sanitária realizada pelo órgão nos últimos anos.

“Estamos caminhando para duas décadas sem registro de PSC no estado, o que indica o acerto das ações empreendidas pelo IMA e, também, a evolução da suinocultura mineira, especialmente em relação à qualidade dos produtos”, destaca Marcílio de Sousa Magalhães, diretor-geral do órgão.

Uma das ações do Instituto é o acompanhamento junto aos produtores e granjas a implementação de procedimentos relacionados a um sistema de vigilância permanente da doença no estado. Segundo o gerente de Defesa Animal do IMA, Guilherme Costa Negro Dias, é realizado um controle do trânsito desses animais e a coleta periódica de soro de suínos reprodutores em frigoríficos, com o objetivo de identificar possíveis existência do vírus.

Desde o ano passado, o IMA determinou a obrigatoriedade das granjas adotarem o boletim sanitário, documento que acompanha os lotes de suínos enviados aos frigoríficos de abate sob inspeção do Instituto. ““As informações do boletim são importantes não só para atestar a sanidade dos animais, mas para deixar em alerta os profissionais que fazem a inspeção do abate de suínos nos frigoríficos”, conta Guilherme Dias.

Em novembro e dezembro de 2016, foi realizada uma ação preventiva com a coleta de soro de suínos em criatórios de subsistência, com o intuito de atestar a inexistência da circulação do vírus da Peste Suína Clássica em Minas Gerais.

Mercado

De acordo com dados da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em 2016 a suinocultura mineira exportou US$ 39,7 milhões, registrando um crescimento de 46% em comparação com o ano anterior, quando foi contabilizado US$ 27,2 milhões em vendas externas.

O estado tem o quarto maior rebanho de suínos do país, com aproximadamente 5 milhões de cabeças, o equivalente a 12,5% do plantel brasileiro, segundo o IBGE.

 

Com informações da Agência Minas Gerais

Voltar

Últimas notícias

ver mais
Sindicalizados aprovam aquisição de nova sede para o Sindafa-MG sábado, 18/05/24 Sindicalizados aprovam aquisição de nova sede para o Sindafa-MG Maioria decidiu mudar para imóvel mais amplo, de melhor infraestrutura, e com auditório, além ...
Sindafa-MG parabeniza as mães pelo dia especial domingo, 12/05/24 Sindafa-MG parabeniza as mães pelo dia especial Mãe é a origem da vida, é cuidado e acalanto. É apoio, orientação, um ...
Sindafa-MG convoca filiados para Assembleia Geral Extraordinária no dia 15/05 segunda-feira, 06/05/24 Sindafa-MG convoca filiados para Assembleia Geral Extraordinária no dia 15/05 Encontro será realizado de forma on-line a partir das 17h30 O Sindicato dos Fiscais ...
Dia do Trabalho: Sindafa-MG parabeniza fiscais filiados pelas ações de defesa sanitária agropecuária em Minas Gerais quarta-feira, 01/05/24 Dia do Trabalho: Sindafa-MG parabeniza fiscais filiados pelas ações de defesa sanitária agropecuária em Minas Gerais Celebrar a luta dos trabalhadores por melhores condições de trabalho e de vida, assim ...
Converse com o Sindafa
Pular para o conteúdo