SINDAFAMG


  1. Início
  2. /
  3. Notícias do setor
  4. /
  5. Produção de mel de agroindústria familiar aumenta em quatro vezes com auxílio de programa do IMA
segunda-feira, 05/09/16

Produção de mel de agroindústria familiar aumenta em quatro vezes com auxílio de programa do IMA



Desenvolvido em 2012 e amparado pela Lei Estadual 19.476/2011, também conhecida como lei da agricultura familiar, o Programa de Apoio à Agricultura Familiar de Pequeno Porte, realizado pelo Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), tem contribuindo de maneira significativa para melhorar e aumentar a produção e a geração de emprego e renda de diversos produtores do estado, por meio de orientação e acompanhamento técnico.

Com o passar dos anos, os resultados têm se mostrados cada vez mais positivos, como é o caso da agroindústria Mel Babilônia, situada no município de Jequitinhonha, que desde que aderiu ao Programa, em 2013, aumentou em mais de quatro vezes a sua produção, que passou de 400 quilos de mel por ano para 1,88 toneladas.

O primeiro passo para o produtor que deseja aderir ao Programa é assinar um termo de compromisso com o IMA. A partir disso, ele deve promover a adequação do estabelecimento de acordo com as normas sanitárias legais em um período de dois anos, com acompanhamento e orientação de técnicos do Instituto.

Quando foi iniciado o Programa, em 2012, o IMA realizou um diagnóstico junto a todas agroindústrias familiares do estado, em parceria com o Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA). “Foi preciso mostrar aos agricultores, por exemplo, os pontos de contaminação no processo produtivo trabalhando dentro das normas da Portaria 1252 do IMA, que aprova as normas técnicas para estabelecimentos rurais de pequeno porte”, conta o representante de Educação Sanitária e Apoio à Agricultura Familiar (Resaf) Paulo Roberto Gama, da Coordenadoria Regional do IMA em Almenara.

De acordo com Paulo Roberto, a Mel Babilônia teve que fazer algumas adequações para atender às normas sanitárias previstas na legislação, como, por exemplo, a aquisição de equipamentos para atender as recomendações do Programa.

Com as adequações, atualmente, a Mel Babilônia comercializa para Belo Horizonte, Jequitinhonha e Joaíma, e também para escolas públicas, por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae).

Segundo o diretor-geral do IMA, Marcílio de Sousa Magalhães, atualmente o Instituto atende a 214 agroindústrias através do Programa. “Essa é mais uma ação do IMA em parceria com os produtores, de forma a incentivá-los para uma produção com qualidade, valor agregado e dentro das normas sanitárias. Com isso, eles têm a possibilidade de receber mais pelo seu produto e aumentar a sua renda.”

 

Com informações da Agência Minas Gerais

Voltar

Últimas notícias

ver mais
Sindafa-MG comemora Dia Mundial do Queijo quinta-feira, 20/01/22 Sindafa-MG comemora Dia Mundial do Queijo O alimento é considerado patrimônio imaterial brasileiro pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico ...
Dia do Farmacêutico: profissional realiza análise laboratorial de material suspeito de doença quinta-feira, 20/01/22 Dia do Farmacêutico: profissional realiza análise laboratorial de material suspeito de doença O Dia do Farmacêutico, celebrado nesta quinta-feira, 20 de janeiro, visa reconhecer este importante ...
Inscrição para o evento “Dia de Campo: uma tarde com o QMA" é até dia 21 de janeiro quarta-feira, 19/01/22 Inscrição para o evento “Dia de Campo: uma tarde com o QMA” é até dia 21 de janeiro O “Dia de Campo: uma tarde com o QMA” tem a finalidade de discutir ...
Sindafa-MG firma convênios para beneficiar os filiados e os dependentes terça-feira, 18/01/22 Sindafa-MG firma convênios para beneficiar os filiados e os dependentes Com o objetivo de viabilizar projetos de interesse dos filiados e de seus dependentes, ...
Converse com o Sindafa
Skip to content